O perigo da soberba

“Tu repreendeste asperamente os soberbos, amaldiçoados, que se desviam dos teus mandamentos” – Salmos 119.21

Jamil Filho
Jamil Filho

O homem soberbo é desprezível aos olhos do Senhor, a soberba torna o coração humano altivo a ponto deste viver e confiar apenas na força de seu próprio braço, desprezando ao Criador que lhe dá, diariamente, o fôlego de vida.

Ao rogar para que o Senhor desvende seus olhos (v. 18) a fim de que estes admirem e observem as maravilhas contidas na Lei o salmista garante que sua visão não será entenebrecida pela altivez de seu próprio coração.

A Lei do Senhor é um colírio para os olhos do crente, ela impede que a visão se escureça e que os pés se desviem do caminho.

Sabendo que é um peregrino nesta terra e que sua Pátria está no fim de seu caminho, ao rogar para que o Senhor abra seus olhos e não esconda deles a Sua santa Lei (v. 19), o salmista reconhece que, sem o auxílio divino, ele será mais um que se desvia dos mandamentos do Senhor.

A Graça manifesta em Jesus consiste em retirar do homem todo o mérito e depositá-lo em Cristo e, somente aqueles cujos olhos foram hidratados pela Palavra, serão capazes de compreender que sua própria força para nada se aproveita.

Enquanto os soberbos e os altivos são repreendidos asperamente pelo Senhor, o crente pode confiar no favor divino, pois se despiram de seus próprios méritos e se vestiram dos méritos de Cristo.

Deus lhe abençoe.

Logo Amazon

+

Novas de Cada Manhã

Faça suas compras com nosso link