Obediência à palavra

“Tu ordenaste os teus mandamentos, para que diligentemente os observássemos” – Salmos 119.4

Jamil Filho
Jamil Filho

A obediência aos mandamentos do Senhor, para aqueles que foram salvos por Cristo, não é sinônimo de peso, fardo, mas sim uma demonstração de amor.

Com isso não digo, no entanto, que resistir ao pecado seja uma tarefa fácil ou indolor. Pelo contrário, em nós ainda habita a velha natureza de Adão, ainda há o veneno do pecado correndo em nossas veias e, ele só não nos mata, pois Cristo nos deu de Seu antídoto.

Diariamente vivemos essa dolorosa realidade contrastante, de um lado nossa carne anseia pelo pecado e, do outro, nosso espírito e vontade desejam a Cristo.

O salmista deixa evidente que Deus preparou seus mandamentos para que obedecêssemos. Uma vez trilhando no caminho da bem-aventurança somos levados pelo Espírito à obediência.

Não há meio termo, não há outra alternativa disponível.

Os mandamentos de Deus nos são entregues e pela graça manifesta em Cristo somos capazes de seguir em obediência aos seus preceitos. E o mais maravilhoso é que não apenas os obedecemos, mas contrariando nossa própria carne, desejamos obedecer. Deus não apenas nos chama, mas também capacita nossos corações para atender ao Seu chamado.

Aqui reside a incompreensível e maravilhosa graça do Pai que, em seu infinito amor, nos chamou para si e plantou em nós o amor pela Sua santa palavra.

Portanto, tal como o salmista mantenha-se firme no zelo e na obediência aos mandamentos do Pai, pois Ele te capacitou para que os obedeça.

Que nosso Senhor Jesus Cristo abençoe seu dia.

Logo Amazon

+

Novas de Cada Manhã

Faça suas compras com nosso link