Devocional #112 - Angustiado pela iniquidade

"Rios de lágrimas brotam de meus olhos, porque as pessoas não cumprem tua lei" – Salmos 119.136

"Rios de lágrimas brotam de meus olhos, porque as pessoas não cumprem tua lei" – Salmos 119.136

Ao observar a corrupção e a iniquidade de sua geração o coração do salmista se aflige, sua alma é dilacerada pela tristeza de observar a Lei do Senhor sendo menosprezada e ignorada.

Ele conhece a grandiosidade dos tesouros que há nos mandamentos, já experimentou de suas bênçãos espirituais e, por várias vezes, foi renovado e revigorado por suas promessas. Por isso se angustia ao ver pessoas se apegando às coisas passageiras, prazeres efêmeros e promessas terrenas.

Cegos para a realidade eterna e as verdades espirituais não conseguem desejar a Palavra, não percebem sua grandiosidade e não são capazes de compreender seus princípios.

Terrivelmente, ao contrário do salmista, não nos angustiamos com a realidade da desobediência humana, ao contrário, muitas vezes nos conformamos com a situação e acatamos a mentira diabólica de que o homem deve seguir seu próprio coração e vontades, mascaramos a iniquidade em “liberdades” e “direitos” modernos, nos esquecendo que a verdadeira liberdade só provém da obediência à Palavra.

O salmista nos convida à olhar para nossa geração e não acatar seus pecados, mas chorar por eles, nos angustiar pela iniquidade de nosso povo e por sua constante desobediência à Lei de Deus. Somente assim, com o coração quebrantado e contrito, eu e você seremos capazes de testemunhar a Cristo.

Que Deus abençoe seu dia.

Deixe um comentário

Assine o Novas de Cada Manhã

Não perca nenhum conteúdo. Inscreva-se para ter acesso à biblioteca de conteúdos exclusivos para membros.
[email protected]
Inscreva-se