Devocional #11 - Anseio por aprender

"Bendito és tu, ó Senhor! Ensina-me os teus estatutos" – Salmo 119.12

“Bendito és tu, ó Senhor! Ensina-me os teus estatutos” – Salmo 119.12

Diante da magnitude das Escrituras, das maravilhas nelas contidas e dos benefícios e bênçãos disponíveis aos que a amam, o salmista não encontra outra opção a não ser adorar ao Senhor que revelou cada palavra escrita.

A adoração genuína e sincera deve, inevitavelmente, partir de um coração que ama e obedece aos mandamentos do Senhor.

O verdadeiro louvor incentiva o adorador a buscar e cumprir tudo que está determinado nas Sagradas Escrituras. Não há adoração genuína e verdadeira a Deus se não estiver pautada na palavra e nos mandamentos eternos.

Compreendendo essa inevitável conexão entre louvor diário ao Senhor e conhecimento da Palavra, o salmista então clama “Ensina-me os teus estatutos”.

E, assim como ele, o cristão deve rogar ao Senhor para que lhe ensine e lhe abra o coração e mente afim de compreender a revelação bíblica e aplicar seus ensinamentos em sua vida cotidiana.

Sem o auxílio do Espírito Santo o hábito de ler e meditar nas Escrituras não passará de um peno exercício intelectual, enquanto o verdadeiro desejo do Senhor é que a meditação em Sua Palavra produza em nós frutos e nos conduza ao crescimento constante em Sua obra.

Que Deus lhe abençoe.

Deixe um comentário

Assine o Novas de Cada Manhã

Não perca nenhum conteúdo. Inscreva-se para ter acesso à biblioteca de conteúdos exclusivos para membros.
[email protected]
Inscreva-se