Devocional #34 - Desvia meus olhos

"Dá-me entusiasmo por teus preceitos, e não pela ganância! Desvia meus olhos de coisas inúteis e restaura-me por meio de tua palavra" – Salmo 119.36,37

"Dá-me entusiasmo por teus preceitos, e não pela ganância! Desvia meus olhos de coisas inúteis e restaura-me por meio de tua palavra" – Salmo 119.36,37

Após rogar ao Senhor para que Ele lhe auxiliasse na obediência aos mandamentos, o salmista então clama para que seu coração se encha de entusiasmo pela Palavra e para que seus olhos sejam direcionados somente ao que realmente importa.

Reconhecendo que seu coração está sujeito à ganância e que seus olhos, naturalmente, desejam aquilo que não é útil, o salmista reconhece sua dependência de Deus e da Palavra.

É por meio das Escrituras que o peregrino, em sua jornada rumo à Pátria, alinha seu coração ao coração do Pai, remove de seus olhos tudo aquilo que não é eterno e desenvolve com a ajuda do Espírito Santo o entusiasmo pela Palavra.

O salmista reconheceu que “tudo o que não é eterno, é eternamente inútil" (C. S. Lewis) e com esta verdade em mente ele roga "oh Deus, grave a eternidade nos meus olhos" (Jonathan Edwards).

Deus lhe abençoe.

Deixe um comentário

Assine o Novas de Cada Manhã

Não perca nenhum conteúdo. Inscreva-se para ter acesso à biblioteca de conteúdos exclusivos para membros.
[email protected]
Inscreva-se