"Abro a boca e suspiro, pois anseio por teus mandamentos. Vem e mostra-me tua misericórdia, como fazes por todos que amam o teu nome" – Salmos 119.131,132

Impactado pela grandiosidade dos mandamentos do Senhor e restaurado por Sua infinita graça, o salmista anseia por ser ensinado e seu coração deseja conhecer mais da Palavra.

Não há nada neste mundo que possa preencher seu coração, não há nada que possa saciá-lo. Ele não se contenta em ocupar sua mente apenas com coisas passageiras, não se satisfaz em encher seu coração com deleites efêmeros, mas anseia pela Palavra que permanece para sempre.

Quantas vezes perdemos nosso tempo em busca da paz que só será encontrada em Deus e em Sua palavra? O salmista nos apresenta a resposta para muitas de nossas inquietações. Ao invés de buscar em vícios, relacionamentos ou em qualquer outra coisa, ele busca em Deus e em Sua Palavra e, nEle, ele tem a certeza de que encontrará não apenas a resposta, mas também o alívio para todas as suas ansiedades.

Confiante na promessa e fidelidade de Deus, o salmista então roga ao Senhor para que lhe dê de Sua misericórdia, para que relembre sua fidelidade aos mandamentos e o trate com compaixão e graça.

Tal como o salmista não apenas somos chamados para tomar a Palavra como nossa fonte de vida, mas também para confiar na compaixão de Deus e em Sua misericórdia para com aqueles que lhe amam.

Anseie pela Palavra e confie na misericórdia divina. Que Deus lhe abençoe.

Wallpaper - Salmos 119.131,132
“Abro a boca e suspiro, pois anseio por teus mandamentos. Vem e mostra-me tua misericórdia, como fazes por todos que amam o teu nome” – Salmos 119.131,132