“Sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos” – Salmos 119:19

O crente sabe, instruído pelo Mestre, que está somente de passagem por este mundo, sua verdadeira Pátria não está neste planeta e sua vida não segue o modus operandi deste século.

Sabendo que sua terra está junto de Deus, na eternidade, o peregrino deve constante e conscientemente clamar para que o Senhor não lhe ocultes as Leis de Seu País. Durante a caminhada em terra estrangeira o crente corre um sério risco de se acomodar, de aceitar e de se moldar aos padrões pecaminosos que imperam no reino das trevas.

E, somente através da constante observação e obediência à Lei de Deus, somos capazes treinar nossa mente e coração a amar apenas aquilo que o seu Senhor ama.

Todos os dias pisamos em solo estranho, trilhamos por caminhos desconhecidos e avançamos por uma terra insólita enquanto prosseguimos rumo à sua Pátria e, se nossos corações e mentes não estiverem alinhados com os preceitos do Senhor, qualquer isca lançada no caminho poderá nos retirar de nossa jornada.

Assim como o salmista, o crente deve conscientemente rogar para que o Senhor não lhe permita caminhar por este mundo sem que a Palavra esteja ao alcance de nossos olhos, mente e coração.

Deus lhe abençoe.