"Tu és bom e fazes somente o bem; ensina-me teus decretos" – Salmos 119.68

Ao ser confrontado pela correção divina (v. 67) e reconhecer que necessita da palavra de Deus, o salmista então compreende que, em todas as circunstâncias, Deus tem sido bom para ele.

Ele olha ao seu redor e, por mais que as circunstâncias sejam desfavoráveis, ainda assim seu coração se inclina em gratidão ao Pai amoroso que lhe tem feito somente o bem.

Assim como o salmista, o Apóstolo Paulo escrevendo à igreja de Roma nos declara que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus (Romanos 8:28), não somente o sucesso, as vitórias e conquistas, mas todas as coisas, incluindo os fracassos, as derrotas e perdas.

Diante dessa realidade o salmista então roga para que seu coração seja ensinado por Deus, diversas vezes encontramos o salmista respondendo à compreensão das cosias espirituais com um pedido para que o Senhor lhe ensine mais de Sua Palavra.

Reconhecendo que Deus só lhe tem feito o bem, seu coração então deseja aprender mais dEle e se aprofundar no conhecimento do eterno.  Deus tem sido bom e, até mesmo nas derrotas, só nos tem feito bem.

Deus lhe abençoe.