Devocional #08 - Bem-aventurados os puros de coração

“Bem-aventurados os puros de coração, pois verão a Deus” — Mateus 5:8

Quando lemos tal declaração do Mestre a tendência de nosso coração é pensar que Jesus está se referindo ao homem e mulher moralmente puros, limpos de toda malícia e pecado. Embora tal interpretação seja possível e válida, Cristo nos apresenta uma realidade muito mais profunda do que somente a pureza do pecado.

A linguagem utilizada por Jesus é praticamente a mesma utilizada pelo salmista no Salmo 24.3,4: “Quem poderá subir o monte do Senhor? Quem poderá entrar no seu Santo Lugar? Aquele que tem as mãos limpas e o coração puro, que não recorre aos ídolos nem jura por deuses falsos”.

Perceba que o salmista traça um paralelo e ntre a pureza de coração e a rejeição aos deuses falsos, aos ídolos.

Embora não seja possível desenvolver com mais profundidade a questão da idolatria, para a compreensão do ensino de Cristo entender que adorar um falso deus não diz respeito às práticas litúrgicas e/ou religiosas, mas ao que nosso coração se devota fielmente, nos auxiliará no desenvolvimento do estudo.

A lua é, aproximadamente 400 vezes menor que o sol, no entanto, ela está quase 400 vezes mais próxima de nós. Esta proporção permite que ela, um objeto muito menor do que nossa estrela, consiga facilmente ocultar toda a luz solar, um evento astronômico que conhecemos como “eclipse solar”.

Da mesma maneira é o coração do homem que divide sua atenção entre Cristo e o mundo, entre o verdadeiro Deus e os falsos deuses, o Senhor é infinitamente maior do que qualquer coisa de nossa realidade, no entanto, quando nos aproximamos dos minúsculos objetos que nos cercam a glória de Deus é ofuscada.

Os puros de coração verão a Deus, pois não colocaram nada em seu caminho, não dividiram sua atenção e não permitiram que as pequenas circunstâncias deste mundo se aproximassem de seu coração ao ponto de se tornarem grandes o suficiente para ocultar a glória de Deus.

“Ser puro de coração significa não permitir que nada se interponha entre nós e a visão que temos de Cristo. Ele é um grande Salvador e Senhor. Coisas grandes, no entanto, podem ser completamente obscurecidas pelas pequenas, se estas forem trazidas perto o suficiente de nossos olhos” (FERGUSON, 2019).

Se desejamos alcançar esta bem-aventurança precisamos, assim como o homem que sobe ao monte do Senhor, remover de nossos olhos todo cisco que está ofuscando a glória de Cristo. Somente assim veremos a Deus plena e claramente.

Que Deus lhe abençoe.


Bibliografia citada

FERGUSON, S. O Sermão do Monte. Tradução de E Pires. São Paulo: Editora Trinitas, 2019. Disponível em: https://link.novasdecadamanha.com.br/ferguson-o-sermao-do-monte


Material de Apoio:

Faça download deste devocional em PDF e utilize-o em seu estudo bíblico, pequeno grupo ou Escola Bíblica.

Devocional em PDF

Crie ou acesse uma conta existente e faça dowload deste devocional em PDF


Deixe um comentário

Assine o Novas de Cada Manhã

Não perca nenhum conteúdo. Inscreva-se para ter acesso à biblioteca de conteúdos exclusivos para membros.
[email protected]
Inscreva-se