Devocional #01 - O Sermão do Monte

"Vendo as multidões, Jesus subiu ao monte e se assentou. Seus discípulos aproximaram-se dele, e ele começou a ensiná-los" — Mateus 5:1,2

O ministério público de Jesus estava em seu auge, o evangelista Mateus nos declara que multidões da Galileia, Decápolis, Jerusalém, Judeia e regiões para além do Jordão, ouvindo falar dos milagres, vinham para vê-lo (Mateus 4:23-25).

A descrição dada por Mateus é bela aos olhos, o Mestre se assenta para ensinar, tal como era costume dos rabinos em suas sinagogas. Entretanto aqui, nas montanhas da Galileia, todos poderiam ouvi-lo, não haveria retaliações, discriminação ou impedimento algum.

O início do ministério público de Jesus não poderia ser diferente, sendo aquele de quem o profeta Isaías declara “Não quebrará o caniço rachado, e não apagará o pavio fumegante”, o Mestre se revela ao mundo exatamente numa região menosprezada e discriminada pelo centro religioso da época.

Ele se assenta com quem nenhum rabino ou sacerdote se assentaria e ensina as verdades do Reino para aqueles que, de outra forma, jamais ouviriam. A disposição do próprio Rei em anunciar e ensinar nos revela o caráter deste Reino, Ele não quebra os fracos e não apaga os abatidos, mas se coloca ao lado a fim de lhes auxiliar e fortalecer.

Entretanto, na mesma medida que Jesus abre os braços para todos, Ele também se assenta para separar os bons e maus peixes. O Sermão do Monte não é apenas um ensino entregue às multidões, mas também é o que podemos chamar de Leis do Reino.

Cristo está disposto a se assentar com homens e mulheres pecadores, no entanto, não sem lhes exigir uma resposta ao Seu chamado. Ele abre a boca e ensina às multidões e, da mesma forma, lhes deixa a par das exigências necessárias para segui-lo no discipulado.

Que Deus lhe abençoe.

Deixe um comentário

Assine o Novas de Cada Manhã

Não perca nenhum conteúdo. Inscreva-se para ter acesso à biblioteca de conteúdos exclusivos para membros.
[email protected]
Inscreva-se