Tenho prazer na tua lei

"Os arrogantes mentem a meu respeito, mas eu obedeço às tuas ordens de todo o coração. O coração deles é tolo e insensível, mas eu tenho prazer em tua lei" (Salmo 119,69,70)

Jamil Filho
Jamil Filho

Uma vez reconhecendo que Deus só lhe tem feito bem (v. 68) o salmista, diante das perseguições e opressões deste mundo, mantém sua convicção firme e inabalável.

Seu coração não é abalado pelas mentiras dos ímpios, pois está fundamentado em uma rocha firme, em solo estável. As mentiras que dizem a seu respeito não alteram sua postura diante da palavra, pelo contrário, ele ainda assim declara que obedece "às tuas ordens de todo o coração" e "tenho prazer em tua lei".

Permanecer com os olhos focados em Cristo, mesmo diante das afrontas e mentiras que dizem a nosso respeito, talvez não seja a tarefa mais fácil. Nosso coração deseja justiça, talvez mais vingança do que justiça propriamente dita.

No entanto, o salmista nos mostra que há um caminho mais sublime, uma postura mais elevada. Ele não se deixa abalar pelas afrontas, pois reconhece que elas partem de um coração tolo e mundano, ele não se perturba com as perseguições pois sabe que o caminho que segue está fundamentado nas Palavras do Deus Todo Poderoso que lhe tem feito bem e que, em tudo, lhe conduz.

Deus lhe abençoe.

Logo Amazon

+

Novas de Cada Manhã

Faça suas compras com nosso link